Os primeiros dias da Campanha Nacional de Vacinação contra a Pólio e o Sarampo foram movimentados em Jaraguá do Sul. O município, que tem 8.117 crianças entre o público alvo da campanha, atingiu até segunda-feira (13) 18% da meta, o que corresponde a cerca de 1,5 mil crianças vacinadas.

A supervisora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Ana Kneipp, afirma que o objetivo para o município no Dia D, que ocorre no próximo sábado (18), é vacinar cerca de 2.430 crianças, o que representa 30% da meta total. “É um grupo grande, mas estamos trabalhando para conseguir atingir a todos”, garante.

Para o Dia D, todas as unidades de saúde do município estarão abertas das 8h às 17h para vacinação – exceto as quatro unidades que não possuem sala de vacina: Ana Paula, Águas Claras, Três Rios do Norte e Vieira.

A divulgação para atingir a meta segue durante essa semana com o auxílio também de empresas e do Rotary Club, que mantém um stand no Jaraguá Park Shopping , além do reforço por parte dos agentes comunitários de saúde, ressalta Ana.

Em 2017, a cobertura vacinal em Jaraguá do Sul ficou abaixo do percentual preconizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que prevê 95% da população vacinada.

No ano passado, a triviral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, atingiu 86.9% da população. Já a imunização contra poliomielite atingiu 90,8% dos jaraguaenses.

Conscientização é a chave

Para a supervisora, é necessário que os pais se conscientizem da importância da imunização no combate a doenças que, até então, estavam esquecidas, mas não erradicadas.

“Acho que a imunização nunca esteve tão em pauta como ultimamente e os pais precisam se conscientizar para essa questão. Anos atrás, quando essas doenças estavam em alta, em uma semana, às vezes em um Dia D, atingíamos a meta de vacinação”, avalia.

Ana ressalta  as consequências que essas doenças podem trazer. “O sarampo é uma doença de transmissão super rápida e está batendo a nossa porta. Os pais têm responsabilidade de vacinar seus filhos evitando que essa doença entre no nosso estado”, destaca.

A Campanha de Vacinação e o Dia D deste ano buscam imunizar crianças entre um ano e menores de 5 anos de idade e a supervisora lembra que independe do calendário vacinal. As doses disponibilizadas são “de reforço” justamente devido aos casos que tem ocorrido no país.

No sábado (18), serão cerca de 110 profissionais envolvidos atendendo a população e, conforme explica Ana, os jaraguaenses podem procurar qualquer unidade de saúde, mesmo fora do bairro de residência.

“A única forma de prevenção é a vacinação. Embora não tenhamos casos no estado, já temos história de óbito no país em crianças e aí você perder hoje um filho por sarampo tendo uma medida preventiva, fica o ponto de interrogação”, finaliza. A campanha nacional segue até o dia 31 de agosto.

Quer receber as notícias no WhatsApp?