O Inglês é a língua mais falada no mundo na atualidade, considerando falantes nativos, como segunda língua e como língua estrangeira. No Brasil, a Língua Inglesa passou a ser obrigatória na Educação Básica a partir de 2017, logo, a busca por professores nesta área aumentou. No Sul e no Extremo Sul catarinense, os reflexos desta obrigatoriedade – somada à expansão do oferecimento da língua para crianças nas escolas públicas – já chegaram e a carência de profissionais na área já é sentida. Com frequência, o curso de Letras da Unesc é procurado para a indicação de acadêmicos e egressos para atuarem no ensino da Língua Inglesa em escolas e cursos.

Segundo o coordenador do curso de Letras da Universidade, Carlos Arcângelo Schlickmann, a legislação atual orienta que a Língua Inglesa seja ofertada a partir do sexto ano, mas que a necessidade de uma língua estrangeira é tão perceptível que a rede pública de municípios como Araranguá, Criciúma e Içara já estão oferecendo a disciplina nos anos iniciais. "Uma dica para os professores de Letras que gostam de outros idiomas é fazer uma segunda Licenciatura e investir na área, porque o inglês passou a ser a língua estrangeira obrigatória a partir de 2017 na LDB. As escolas nos ligam muito pedindo professores aptos a atuarem nesta disciplina", afirma Schlickmann.

A Unesc oferece a possibilidade de formação em Português e em Inglês em cinco anos. Para isso, o estudante faz o curso superior em Letras – Língua Portuguesa, com quatro anos de duração e, em seguida, a segunda licenciatura em Letras – Língua Inglesa.

Profissional com diversas possibilidades de atuação

A coordenadora adjunta do curso de Letras da Unesc, Cibele Beirith Figueiredo Freitas, explica que o profissional com formação em Letras tem um vasto campo de atuação no mercado. A sala de aula é um dos locais mais comuns e que também mais demandam profissionais desta área, mas as possibilidades vão além.

"Os egressos do curso são estudiosos do funcionamento da Língua Portuguesa, de idiomas estrangeiros e suas respectivas literaturas. Quem se forma em Letras pode seguir carreira acadêmica, tornar-se tradutor, intérprete, assessor linguístico, revisor de textos, roteirista, produtor de conteúdo, trabalhar com pesquisa na área de linguagem e ser professor", afirma.

Venha para a Unesc

Os interessados em fazer parte do time de Letras da Unesc podem conhecer detalhes do curso, suas disciplinas, possibilidades de desconto e ingresso, entrando em contato pelo telefone (48) 3431-4500 ou pelo Whatsapp (48) 99915-0433.