O corte preciso, o manuseio correto e a separação adequada das peças suínas foram os primeiros tópicos aprendidos ontem por 13 participantes do curso gratuito de Embutidos e Defumados, no Bairro Garibaldi, em Jaraguá do Sul. A capacitação, promovida pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura de Jaraguá do Sul, é voltada principalmente para os produtores rurais do município, mas também atraiu donas de casa e adeptos de iguarias culinárias. Durante a aula inaugural, o instrutor do Senar, Klaus Iwes Kindlein, 48 anos, começou os trabalhos com a parte teórica, com abordagem sobre como lavar bem as mãos, processamento de carnes, boas práticas de manipulação de alimentos, condimentos e temperos. Com formação em Química, Kindlein conta que há nove anos percorre o Estado promovendo capacitações deste tipo, que visam tanto fomentar o surgimento de novos empreendedores no ramo, como possibilitar que os agricultores agreguem valor à renda familiar. Na segunda etapa, com um a peça inteira do animal resfriado, ele passou a apontar e cortar a matéria-prima dos produtos que serão processados como lombo, filé, costela, bacon, couro e pés. Hoje, no encerramento do curso, os participantes vão aprender a fabricar linguiças, linguicinhas, salames, morcilhas, copas e patês. Os interessados em participar de novos cursos devem entrar em contato com Secretaria de Agricultura na Rua Ângelo Rubini, 600, Barra do Rio Cerro, ou pelo telefone (47) 2106-8113. Nova renda para famílias O produtor rural Rodrigo Kosloski, 28, dono de uma empresa de congelados de aipim, no Garibaldi, se inscreveu no curso decidido a mudar de ramo. “Perdemos todo o aipim por causa das chuvas, por isso tenho interesse de começar com os embutidos, conta. “Minha intenção é comprar a carne de frigorífico. Aqui na região é uma tradição consumir salames e defumados, comprar o kit feijoada”, complementa. A dona de casa Patrícia Gomes, 33, moradora do Rau, diz que se interessou na capacitação para oferecer itens defumados e embutidos para consumo próprio: “Tenho uma família grande e todos gostam desses produtos. Quem sabe, mais tarde, eu crie uma empresa?, almeja.