As primeiras horas de 2019 reservaram um presente especial para o jovem casal Vanessa Saradög, de 23 anos, e Cleiton Soares, de 21 anos. Quando o relógio marcava 9h56 do dia primeiro, Vanessa dava luz ao primeiro bebê do ano em Jaraguá do Sul. Manuelly Soares nasceu em parto normal com 2,5 quilos e 46 centímetros.

A notícia de que Vanessa estava grávida pegou o casal de surpresa - eles não esperavam ser pais tão cedo. A gravidez ocorreu normalmente até o momento da virada de ano. Segundo a mãe, o nascimento de Manuelly estava previsto para 21 de janeiro.

"Logo depois da chegada do ano novo senti o sangramento", conta.

Depois que a bolsa rompeu, eles rapidamente arrumaram as coisas e foram para o Hospital e Maternidade Jaraguá. Eles deram entrada no local às 2h30, mas o bebê só veio ao mundo pela manhã. Foram mais de oito horas de trabalho de parto.

"Ninguém esperava que ele iria nascer no começo do mês, o que deixa nossa felicidade ainda maior para o começo de 2019", relata Vanessa.

Vanessa diz que é difícil de explicar os sentimentos do nascimento de um filho, ainda mais o primeiro. Ela diz que a partir deste 1º de janeiro a vida do casal vai girar em torno de Manuelly. "Agora tudo que fizermos vai ser visando a felicidade dela", enfatiza.

Foto Renan Reitz/OCP News

De acordo com a mãe, as energias do casal e da família se renovaram o nascimento da filha e não teria como começar o ano de um jeito melhor.

A avó paterna da bebê, Darlene Soares, também não escondeu a felicidade em segurar o netinho em seus braços. Para ela, esse é um momento único e que sempre vai ficar guardado em sua memória.

"Quando meu filho disse que Vanessa tinha rompido a bolsa, um misto de sentimentos passou pela minha cabeça", diz.

Vanessa disse que o casal não espera ter mais um filho tão cedo, pretendendo curtir bastante o crescimento de Manuelly, mas Darlene tem uma outra visão. "Eu acho que eles vão gostar tanto dessa fase que logo vão querer ter outro filho", acredita a avó da criança.

Foto Renan Reitz/OCP News

Segundo informações do Hospital e Maternidade Jaraguá, algo raro aconteceu esse ano. No mesmo dia que Manuelly chegou ao mundo, outros sete bebes também nasceram na unidade.

Miguel e Helena foram os nomes mais utilizados em 2018

Pelo oitavo consecutivo, Miguel foi o nome mais escolhido para batizar os filhos. Para bebes do sexo feminino Alice perdeu o primeiro lugar para Helena, que foi o nome mais escolhido em 2018.

Entre os meninos, Arthur manteve a segunda posição, mas Heitor vem logo atrás e é um dos nomes do momento. Fechando o top 5, vieram Bernardo e Davi.

O ranking BabyCenter indica que Benjamim, em 10º lugar e Joaquim, em 14º, são outros nomes em alta. O ranking também as piadas que circularam na internet com o nome Enzo fez ele cair para o 19º lugar.

No lado feminino, Alice perdeu a hegemonia que durava três anos e caiu para o segundo lugar. Laura e Manuela superaram Sophia e Valentida e agora ocupam o terceiro e quarto lugar.

Dois nomes de menina que estão subindo é Cecília, em 14º lugar e Eloá, em 15º, enquanto Maria Eduarda e Beatriz vem caindo após sucessos nos últimos anos.

Esta é a décima edição do ranking BabyCenter dos nomes de bebê mais usados no ano. A lista foi montada a partir do nome de 501 mil cadastros no site e aplicativo do BabyCenter, de bebês nascidos em 2018.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?