O Hospital São José, de Criciúma, por meio de sua Comissão Hospitalar de Transplante (CHT), realizou esta semana uma nova captação de órgãos para transplante, a 12ª do ano. Foram captados rins e fígado da paciente.

O trabalho foi realizado pela CHT do HSJosé, que tem o apoio da Central de Transplantes do Estado.

De acordo com umas das enfermeiras que participa do procedimento, Franciele Kreutz, além de todo processo legal que precisa ser realizado internamente, é fundamental que a família aceite a realização da doação.

"É importante que a família entenda que este processo irá beneficiar pessoas que aguardam por um transplante de órgão, dando oportunidade para uma maior qualidade de vida", ressalta.

O médico André Maycon Massutti, da Central de Transplantes de Florianópolis, realizou a captação dos órgãos, tendo o suporte de toda equipe do centro cirúrgico e UTI do HSJosé, bem como equipe de apoio.

Para que um doador receba um órgão, a Central de Transplantes inicialmente busca um receptor no Estado. Não encontrando, parte para a lista nacional.

"Informe sua família que você deseja se tornar um doador de órgãos. Doar órgãos salva vidas", reforça a instituição.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul