O Novo Ensino Médio começou a entrar na rotina dos estudantes do Vale do Itapocu. Nesta semana, cinco escolas da região colocaram o novo método em prática e, para que o desafio seja superado, as instituições realizaram um preparo especial.

Para familiarizar os professores aos novos métodos, o governo do Estado disponibilizou uma série de cursos para os profissionais da educação. Uma das escolas que começou a aplicar o Novo Ensino Médio em Jaraguá do Sul é a José Duarte Magalhães, na barra do Rio Cerro.

A professora da instituição, Sabrina Porsch, destaca que nesse novo método algumas disciplinas surgem para tentar responder dilemas sociais que as escolas têm passado, como violência e ausência de autonomia por parte dos estudantes.

"Vivemos em um mundo de tecnologia. Por isso, o Novo Ensino Médio busca solucionar alguns desses conflitos, trazer uma formação humanizadora e de protagonismo para os alunos", diz.

A diretora do Duarte Magalhães Rosangela Hansen Kreutzfeldt, explica que a primeira semana foi diferenciada para integrar os alunos aos novos temas. Ao longo do ano, os estudantes poderão participar de oficinas, que são criadas a partir das necessidades que a escola tem, mas não conseguia dar vazão pela falta de tempo.

Alunos do Novo Ensino Médio da Duarte Magalhães | Foto Gustavo Luzzani/OCP News

Também professor da instituição Emerson Medeiros, destaca que os alunos precisam entrar nessa onda de colaboração e interação. Visando isso, no primeiro dia de aula, o Gats, grupo de teatro de Jaraguá do Sul, realizou atividades com os alunos.

"Estaremos trabalhando com componentes curriculares, por exemplo, a física não é mais separada da química, é tudo uma coisa só", conta Emerson.

Como vai funcionar a mudança

O gerente de Educação da Regional de Jaraguá do Sul Fernando Alflen, afirma que a mudança consiste em ampliar o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para mil horas aula por ano. Além de definir uma organização com currículo mais flexível, com oferta de possibilidades de escolhas aos estudantes com os itinerários formativos.

Esses itinerários são um conjunto de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudo, entre outras situações do trabalho, que buscam fazer o aluno se aprofundar nos conhecimentos de uma área - matemática, linguagem, ciências da natureza, ciências humanas e sociais.

"Esse método procura preparar o aluno para a vida - não só uma caminhada depois de acabar o ensino médio, mas sim agora", afirma.

A meta do governo estadual é que até 2022, todas as 29 escolas da região já tenham implantado o novo método.

Conheça as escolas com o Novo Ensino Médio na região:

Jaraguá do Sul

  • E.E.B José Duarte Magalhães - 6 turmas e 192 alunos
  • E.E.M Lino Floriani - 3 turmas e 138 alunos
  • E.E.B Holando Marcelindo Gonçalves - 3 turmas e 105 alunos

Corupá

  • E.E.B. Teresa Ramos - 6 turmas e 180 alunos

Guaramirim

  • E.E.B. Lauro Zimmermann - 6 turmas e 204 alunos

Total: 24 turmas e 719 alunos.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul