Mais de 50 lojas criciumenses se preparam para abrir suas portas no feriado de Tiradentes, nesta quarta-feira, 21 de abril. A intenção é gerar fluxo e oportunidades para o consumidor.

A exemplo do ocorrido no mesmo feriado, no ano passado, e em outras datas, a abertura se repete. O funcionamento das lojas é livre e cada operação deverá atuar de acordo com a sua gestão.

A diretora de Marketing da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, Natália Lourenço, enfatiza que "temos consciência de que é importante flexibilizar e criar espaços para que as pessoas se sintam estimuladas a circular, para comprar, pagar contas e espairecer, porque estamos num momento atípico que merece atenção diferenciada", afirma Natália, ao complementar: "como entidade, entendemos que vamos romper com cada vez mais paradigmas, para fazer a economia girar, contribuindo com manutenção dos empregos e a geração de renda".

Uma pesquisa realizada pelo Google dá conta de que os consumidores desejam segurança em relação às medidas preventivas de saúde, para circular no comércio. Assim, ao abrir nos feriados, por exemplo, os lojistas geram conveniência ao cliente, que passa a ter mais tempo para fazer suas compras em horários alternativos.

A proprietária da Kibella Cosméticos, Greice de Oliveira Rosa, ressalta que esta é uma movimentação necessária, principalmente neste período de pandemia.

"Estamos trabalhando muito e fazendo o nosso 'novo normal'. Sabemos que é preciso plantar para colher futuramente, e é isso o que viemos fazendo nos últimos meses", completa.

A recomendação da CDL é de que o consumidor se informe sobre as lojas em atendimento, checando por meio das mídias digitais sobre o seu funcionamento.

"É interessante conferir antes se a loja desejada estará aberta, uma vez que o horário é alternativo. Porém é importante ressaltar que vários segmentos estarão atuando", finaliza Natália.