A ansiedade e as horas de estudo dedicadas à preparação para a edição de 2016 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) terão fim às 13h30 desse sábado (5) para os mais de oito milhões de brasileiros inscritos. Em Jaraguá do Sul, são 3.786 candidatos de acordo com informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Mesmo faltando um dia para o Enem, a data ainda pode ser alterada. Aproximadamente 191 mil estudantes, cerca de 2,2% do total, não farão o exame no fim de semana em virtude das ocupações estudantis em 203 locais de prova no país e tiveram a prova adiada para dezembro. Entretanto, o procurador da República no Ceará, Oscar Filho, solicita a suspensão para todos e que uma nova data seja definida para evitar desigualdades na aplicação da prova. A decisão deve ser anunciada hoje (4). Entre os alunos do terceiro ano do ensino médio do Colégio Marista São Luís, o adiamento divide opiniões. Enquanto alguns acreditam que a medida proporcione mais tempo para estudar e revisar os temas, outros apontam que a nova data pode coincidir com a de outros vestibulares. “Já temos uma programação de estudos e provas, e a mudança nos atrapalharia, além de ficarmos ansiosos por mais quatro semanas”, comenta a estudante Helena Petry, 17 anos. Na turma do terceiro ano da escola estadual Professora Valdete Piazera Zindars, a ideia de ter mais tempo para estudar agrada os alunos. “Seria mais justo adiar para todos do que apenas para uma parcela. Poderíamos estudar mais”, diz a aluna Heloísa Soares, 17 anos. Nota abre caminhos A importância do Enem é reconhecida pelos estudantes, que pretendem utilizar a nota para ingressar em universidades públicas ou em outros programas que garantem oportunidades. A metodologia de estudo do Marista foca na capacitação dos alunos para o Enem e demais vestibulares, possibilitando o ingresso no ensino superior desejado por cada um deles. Além das aulas pelo período da manhã, são realizados simulados e reforços durante a tarde. De acordo com a diretora educacional da unidade Andrea Cardoso, o exame evidencia as diversas opções de graduação que podem ser seguidas e precisa ser valorizado. pagina 6

Tempo em sala de aula foi de foco total para os alunos da escola Valdete Piazera

Na escola Valdete Piazera, os alunos enfrentam uma rotina pesada de estudos. A turma é de ensino integral e faz curso técnico de rede de informações e manutenção durante a tarde, e muitos deles ainda trabalham. A sala de aula, com os livros didáticos e professores, é momento de foco total. Os minutos precisam ser bem aproveitados. O aluno Lucien Correa, 17 anos, ainda encontra tempo para sonhar alto. Através do desempenho no exame, ele quer cursar uma graduação em Tecnologia da Informação (TI) em Portugal. Na classe dele, a maior apreensão gira em torno das questões de exatas e redação. Mas após tanta dedicação aos estudos, hoje, véspera da prova, a rotina dos estudantes deve ser tranquila. “Vou revisar o material que tenho e ficar em casa descansando, tentar relaxar um pouco”, destaca Juliana Ehlert, 17 anos. DICAS PARA O DIA • Os portões abrem às 12h e fecham às 13h (horário oficial de Brasília) em Santa Catarina. A prova começa às 13h30; • Os participantes Sabatistas devem comparecer aos locais das provas no mesmo horário dos demais e aguardarem o início das provas que será às 19h (horário local); • O local de prova consta no Cartão de Confirmação da Inscrição, disponível na página do participante, ou pelo aplicativo do Enem; • Cada Participante deve ter em mãos caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, obrigatória para o Exame. O uso de outra cor poderá comprometer a leitura ótica do Cartão-Resposta; • Levar documento de identificação original com foto válido e Cartão de Confirmação da Inscrição; ONDE USAR A NOTA DO ENEM • UNIVERSIDADES As notas do Enem são usadas para selecionar alunos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino, como faculdades de Portugal que aceitam as notas do exame pra ingresso. As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. • PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS (PROUNI) Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% a 100% de desconto no curso de uma instituição de ensino superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação. • FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (FIES) Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e querem solicitar o Fies devem ter feito Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. A partir deste ano, o candidato precisa ter obtido 450 pontos no exame nacional e não pode ter zerado a redação. • SELEÇÃO PARA ENSINO TÉCNICO (SISUTEC) Quem estiver interessado em uma vaga gratuita de cursos técnicos oferecidos em instituições públicas e privadas pelo Sisutec deverá ter feito as provas do Enem. • CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O programa do governo federal oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior, destinado a alunos de graduação e pós. Para participar da seleção de bolsas durante a graduação, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade. • CERTIFICAÇÃO DO ENSINO MÉDIO Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.