O sistema de estacionamento rotativo de Criciúma deve passar por mudanças. Isso porque, a Prefeitura vai lançar no próximo mês, um processo licitatório para contratação de uma empresa responsável por administrar os serviços no município. A iniciativa prevê a modernização do monitoramento, ampliação no número de vagas fiscalizadas e opções de pagamento como cartões de crédito e débito, boleto e pix.

Conforme o coordenador do rotativo em Criciúma, Frank Bez Fontana, essa é uma forma de trazer para a cidade e para todos que aqui estacionam na cidade mais modernização e fiscalização mais efetiva. "Hoje essa fiscalização é deficitária como também quem estaciona em Criciúma alega dificuldades de encontrar monitores", pontuou Fontana em entrevista à rádio Jovem Pan News, de Criciúma.

Atualmente o sistema é gerido pela Prefeitura, através da Diretoria de Trânsito, desde 2017. "O edital deve ficar pronto nos próximos 20 ou 30 dias, ficando pronto nós vamos estar lançando onde ele ficar 30 dias, que é o prazo de inscrição. Depois disso, nós acreditamos que em quatro ou cinco meses a empresa passe a operar, nossa expectativa é ainda para esse ano tenhamos a empresa", completou o coordenador.

Todos as ruas que tiverem vagas fiscalizadas deverão ter um local para pagamento com cartão de crédito e débito, além da possibilidade da compra de crédito via celular. "Nós colocamos também uma clausula que será obrigatório que cada rua que tiver o sistema deverá ter, no mínimo, uma loja conveniada para que a pessoa possa adquirir esse crédito com mais facilidade", afirmou Fontana.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp