A empresa Leistung Equipamentos, de Jaraguá do Sul, entregou mais de 450 ventiladores pulmonares entre os meses de março e abril para dar conta da crescente demanda ocasionada pela pandemia de coronavírus. A produção triplicou nesse período, atendendo 16 estados brasileiros.

No último sábado (18), uma equipe do Exército Brasileiro esteve na sede da empresa, no bairro Nereu Ramos, para fazer o carregamento de um lote de ventiladores produzidos aqui - um esquema com escolta armada foi destacado para garantir o envio dos equipamentos com segurança.

Os pedidos atendidos pela empresa jaraguaense até agora vieram de contratos e licitações firmadas antes de ser reconhecido estado de calamidade pública no Brasil. A partir de agora, a empresa aguarda o Ministério da Saúde para a contratação e aquisição dos ventiladores produzidos nos próximos meses - ou a liberação das vendas.

Ventiladores pulmonares são usados no tratamento do coronavírus. Foto: Divulgação

A pedido do Governo Federal, no fim de março a Leistung firmou parceria com a WEG, a qual está repassando toda a tecnologia e conhecimento referente ao Ventilador Pulmonar modelo Luft3 para a multinacional, a fim de aumentar a quantidade de ventiladores pulmonares produzidos no Brasil.

A empresa afirma que expandiu o ritmo na própria fábrica no último mês com novas contratações e deve aumentar ainda mais.

Tecnologia nacional

A história da Leistung começou no ano de 1984 em Córdoba, na Argentina. Posteriormente, foi iniciada uma nova empresa que se instalou no Brasil na cidade de Jaraguá do Sul, no ano 2000, produzindo equipamentos médicos de ventilação.

O modelo Luft3, que está sendo requisitado para as UTI’s (Unidades de Tratamento Intensiva) para combate ao coronavírus, é comercializado há vários anos, saindo de Jaraguá do Sul para mercado nacional e internacional chegando a mais de 45 países.

“Estes ventiladores pulmonares produzidos e entregues pela Leistung são 100% destinados para uso em UTI, pois possuem os recursos e manobras avançadas necessárias ao combate de coronavírus, não são para emergência ou reanimadores, mas sim de uso adequado aos tratamentos de Terapia Intensiva (UTI)”, aponta a empresa em nota.

Ainda conforme a empresa, os valores de comercialização dos ventiladores pulmonares segue a tabela praticada antes da pandemia.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul