A Lei complementar 670/2019 foi sancionada na última sexta-feira (5) pelo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, tornando compulsória a esterilização de cães e gatos em áreas de risco de endemias na capital.

A prefeitura de Florianópolis está numa força tarefa de controle de zoonoses e, também, numa constante luta em defesa do bem-estar animais.

“Sabemos que é com a castração que a gente diminui o sofrimento, o abandono dos animais. Infelizmente ainda há resistência de alguns tutores em castrarem seus cães e gatos”, destaca a Diretora da Divisão do Bem Estar Animal (Dibea), Fabrícia Costa.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger