O Laboratório Bridge foi a escolha do Ministério da Saúde para desenvolver a plataforma online da Ação Estratégica “O Brasil Conta Comigo – Profissionais da Saúde”.

Desde 2013, o laboratório vinculado ao Centro Tecnológico (CTC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desenvolve sistemas e aplicações para a gestão informatizada da saúde pública.

A ação foi instituída na Portaria nº 639/2020, divulgada pelo ministério. O objetivo é capacitar de forma unificada os profissionais da área de saúde para o enfrentamento da pandemia.

 

Dados aos gestores

Na mesma plataforma, que foi desenvolvida em tempo recorde pelas equipes do Bridge, serão mapeados dados sobre os profissionais para uso dos gestores do SUS. Lá, estarão disponíveis quais profissionais estão atuando no combate ao novo coronavírus, quais foram infectados e ainda quais gostariam de fazer parte do programa nacional de enfrentamento a Covid-19.

Segundo a Agência Brasil, podem se cadastrar os seguintes profissionais:

  • Serviço Social
  • Biologia
  • Biomedicina
  • Educação Física
  • Enfermagem
  • Farmácia
  • Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Fonoaudiologia
  • Medicina
  • Veterinária
  • Nutrição
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Técnicos em Radiologia.

O sistema será disponibilizado para todos os profissionais que possuam cadastro ativo nos respectivos Conselhos de classe. A inscrição no curso deve ser feita individualmente, por meio da plataforma da Ação, onde se espera que mais de seis milhões de cadastros sejam feitos.

A responsável pela execução da ação é a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS). A infraestrutura necessária para hospedagem e disponibilização do serviço foi concedida pela Dataprev, empresa de tecnologia e informações da Previdência do Ministério da Economia.

 

Outras ações

Na mesma plataforma, será possível tratar do pagamento das bonificações a profissionais de saúde que estejam cursando Programas de Residência Médica e em Área Profissional da Saúde, conforme a Portaria nº 580/2020 do Ministério da Saúde.

Também foi realizada pelo Laboratório uma atualização do Prontuário Eletrônico do Cidadão e-SUS APS, sistema desenvolvido pelo Bridge e utilizado pelas Unidades Básicas de Saúde do país na Atenção Primária.

As equipes do Laboratório criaram o CID U07.1, que trata de diagnóstico de doenças respiratórias agudas causadas pela Covid-19. Assim, cada resultado fica registrado no Prontuário do Cidadão e na base de dados nacional do Ministério da Saúde.

Além disso, também já foram implementadas consultas SQL no banco de dados do PEC e-SUS APS, que permite aos municípios identificar casos diagnosticados e suspeitos com facilidade, agilizando ações epidemiológicas necessárias.

  • Com informações da Agecom/UFSC

 

Foto Studio OCP

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp