O desembargador Hélio do Valle Pereira despachou no início da noite desta terça-feira (17) sentença determinando o restabelecimento de todos os serviços de saúde e educação do município de Florianópolis, o que significa na prática por fim à greve dos servidores. No despacho, o magistrado também dá direito à prefeitura de cortar o ponto dos servidores que não retornarem ao trabalho. A decisão do desembargador veio depois de duas tentativas frustradas de conciliação entre a prefeitura e o sindicato da categoria (Sintrasem). Minutos antes da decisão da Justiça, o presidente do Sintrasem, Renê Muraro, anunciara que os servidores iriam manter a greve e que iria procurar a adesão de trabalhadores de outras áreas de prefeitura. O embate seguirá nesta quarta-feira com a realização de nova assembleia e mais mobilização dos servidores.