Nesta quinta-feira (16), Joinville recebeu 1,8 mil doses da vacina pentavalente.

A previsão é que a partir da próxima segunda-feira (20), as 55 Unidades Básicas de Saúde da cidade comecem a receber as vacinas para atender a população.

A expectativa que na terça-feira (21) todas as unidades estejam com vacinas para atender parte da demanda.

Segundo a Prefeitura de Joinville, a quantidade recebida não atende toda a demanda vacinal de Joinville, que é de 6,6 mil doses.

Os pais que não vacinaram as crianças menores de um ano devem procurar unidades para a imunização. Porém, como a quantidade é insuficiente, as doses devem terminar em poucos dias.

Ainda conforme a prefeitura, o município vai depender de novo fornecimento do Governo Federal.

Vacina alternativa

Uma das alternativas tomadas pela Secretaria da Saúde durante a falta da pentavalente é seguir uma orientação do Ministério da Saúde da utilização temporária vacina DTP (que protege contra difteria, tétano e coqueluche).

Além disso, acrescida de uma dose da vacina Hepatite B (HB) no esquema básico, nas crianças menores de um ano de idade. Essa orientação já foi repassada às unidades básicas.

Joinville recebeu 1,8 mil doses da DTP e vacinou cerca de 1,5 mil crianças nos últimos 15 dias.

A vacina pentavalente

A vacina pentavalente protege as crianças contra difteria, tétano, coqueluche (pertussis), hepatite B (recombinante) e meningite por Haemophilus influenzae B e está indicada no esquema de três doses para menores de um ano de idade, sendo administrada aos 2, 4 e 6 meses de idade.

No ano passado, a vacina passou por um período de indisponibilidade na rede nacional devido a um desvio de qualidade identificado na sua produção por parte do laboratório Biological E.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger