Joinville foi o primeiro município brasileiro a receber o selo Bright Cities, de cidades inteligentes. A plataforma reúne dados de 30 mil cidades pelo mundo.

Com base nas informações coletadas em dados oficiais e com a população, é feito um ranking com os indicativos em cada um dos dez segmentos analisados.

 

 

A entrega do selo foi feita ao prefeito Adriano Silva e à vice-prefeita Rejane Gambin. A plataforma Bright Cities gera diagnósticos e roteiros para que as cidades se tornem mais eficientes, inteligentes e sejam melhores a cada dia para quem vive e trabalha nelas.

As áreas analisadas são segurança, educação, saúde, mobilidade, energia, tecnologia e inovação, meio ambiente, empreendedorismo, governança e urbanismo.

Levando em consideração todos os indicadores, a nota joinvilense é de 6,1, quase o dobro da média dos municípios brasileiros que é de 3,8.

Um dos pontos em que Joinville teve destaque é por ter a maior extensão em ciclovias e ciclofaixas do Brasil, com 32,59 km para cada 100 mil habitantes. Justamente na área de mobilidade, a cidade alcança a pontuação máxima no país, com nota 6,8.

No quesito saúde, os números também são positivos, se igualando a pontuação nacional e global de 8,6. Os trabalhos desenvolvidos para incentivar a geração de novos negócios já têm apresentado resultado.

O indicativo para empreendedorismo tem pontuação 7, pouco abaixo da média nacional e global que é de 7,4.

O relatório também indica que as principais preocupações dos moradores estão associadas a temas relacionados a saúde, educação e segurança.

“Esses indicadores permitem que a prefeitura detecte e atue em pontos de atenção. Além disso que se posicione em relação às cidades do mesmo porte”, disse o secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável, Marcel Virmond.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp