Na próxima semana, a Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Esportes (Sesporte), dará início à segunda fase do Programa de Iniciação Desportiva (PID).

Serão oferecidas 800 vagas para quatro novas modalidades: ginástica rítmica, futebol, futevôlei e jiu-jitsu. Ao todo, haverá 40 novas turmas, com atividades em 18 núcleos localizados em diversas regiões da cidade. As aulas acontecem no horário do contraturno escolar.

Poderão se inscrever crianças e adolescentes de 5 a 17 anos, devidamente matriculados em escolas das redes pública ou particular de Joinville. As inscrições serão gratuitas e deverão ser realizadas pelo site da Prefeitura de Joinville.

Após serem suspensas no ano passado devido à pandemia da Covid-19, as atividades do PID foram retomadas no mês de junho.

Desde então, 1.082 crianças estão participando das 14 modalidades já iniciadas (vôlei de praia, xadrez, basquetebol, vela classe optimis, canoagem, voleibol, tênis de mesa, taekwondo, karatê, judô, handebol, ginástica artística, futsal e ciclismo cross).

As aulas das modalidades lançadas no início da segunda fase, deverão começar na primeira quinzena de agosto.

Novos talentos

Além de promover a prática de atividades físicas, desenvolver hábitos de vida saudável e cuidados com a saúde e o bem-estar, o Programa de Iniciação Desportiva de Joinville também pode ser a porta de entrada para novos talentos do esporte.

Há dois anos, a pequena Isadora Rodrigues dos Santos, participa do PID, frequentando as aulas de ginástica artística. A procura pelo programa foi sugestão da professora que percebeu as habilidades desportivas da aluna.

Após ser aprovada e selecionada para o PID, Isadora vem construindo uma trajetória de destaque na ginástica.

Em 2020, conquistou a medalha de ouro no torneio on-line da Federação de Ginástica de Santa Catarina (FGSC) e já está treinando para a próxima competição estadual, que acontece neste mês.

Com apenas sete anos de idade, Isadora sonha como gente grande: “Eu amo a ginástica e sonho em ser uma ginasta. A minha mãe sempre diz que a gente tem que ser feliz e ir atrás dos nossos sonhos”.