A família da jaraguaense Ana Clara de Souza Pereira, de 11 anos de idade, está precisando de ajuda. Em outubro do ano passado, a menina foi diagnosticada com Leucemia Linfóide Aguda (LLA).

Desde então, a pequena vem fazendo uma série de tratamentos, como quimioterapia, mas infelizmente a doença trouxe uma surpresa desagradável.

Antes mesmo de se recuperar, a doença retornou, conta a mãe de Ana Clara, Andreisa de Souza Costa Pereira.

"No começo do ano a Ana já inflamou tudo por dentro e ficou 22 dias sem comer nada. Agora ela teve paralisia facial e estamos no hospital bem dizer esse ano todo", relata Andreisa.

Ana tem enfrentando a doença com muita força, conta a mãe | Foto Reprodução/Facebook

Neste ano, a família só conseguiu ficar em casa por apenas uma semana. O restante dos dias foi passado todos no Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, em Joinville.

"Os médicos me falaram que agora não vai ser fácil, que o tratamento vai ser mas intenso e que a Ana corre mas risco agora de vida", diz a mãe.

A situação de Ana é grave. A pequena está na UTI e precisa de doação de sangue, mas está em falta no hospital, informa Andreisa.

Ana está em coma induzido, conta Andreisa, porque ela não estava respirando direito e seu coração estava fraco por causa da quimioterapia.

"Que Deus não me tire ela porque a minha vida já nem ia mais fazer sentindo", desabafa a mãe.

Como ajudar

A mãe de Ana Clara, Andreisa Sousa, precisou deixar seu emprego para poder ficar com a filha durante o tratamento.

A pequena Ana Clara e a mãe Andreisa, juntas enfrentando a leucemia | Foto Reprodução/Facebook

Por isso, a família precisa de ajuda financeira. Para arrecadar fundos, foi organizada uma campanha, com o nome Todos Pela Ana Clara, que você pode acessar através deste link.

A meta é arrecadar R$ 10 mil. Até o momento, já foram doados mais de R$ 2,2 mil, através de 18 doadores. Qualquer valor fará a diferença para a família.

Quem quiser ajudar também pode fazer depósito em conta:

  • Banco Bradesco
  • Agência: 0356-5
  • Conta Corrente: 0088235-6
  • CPF 367.465.648-51

Além disso, Ana Clara também precisa de sangue. Os tipos sanguíneos compatíveis são A+, A-, O+, O-, mas doação de qualquer tipo de sangue é sempre bem-vinda.

No momento, o Hemosc de Jaraguá do Sul está fechado, reabrindo em março. Andreisa orienta que doadores podem se organizar em caronas para ir até a unidade de Joinville.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul