A Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul recebeu a notícia de que o município é um dos três municípios catarinenses contemplados pelo Governo Federal para o repasse de recursos para a realização de mutirão de cirurgias eletivas em 2018. Serão R$ 202,9 mil para Jaraguá do Sul, que também irá atender à microrregião, conforme a demanda. De acordo com os dados informados pelo deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB), além de Jaraguá do Sul, Blumenau e Joinville também receberão recursos, liberados pelo Ministério da Saúde, totalizando um repasse de R$ 1,3 milhão para as três cidades catarinenses contempladas. Joinville, maior cidade do estado, receberá R$ 690,9 mil, e à Blumenau serão destinados R$ 418,8 mil. “São recursos liberados pelo Ministério da Saúde para estados e municípios que cumpriram as metas dos mutirões de cirurgias eletivas. Vamos receber o dobro dos recursos pagos no último semestre e poderemos realizar mais procedimentos”, afirmou o parlamentar. No ano passado, Jaraguá do Sul recebeu R$ 118 mil para o mutirão, que realizou 137 cirurgias eletivas, entre ortopédicas, gerais e oftalmológicas. Os valores que serão repassados à Santa Catarina fazem parte do montante de mais de R$ 61,1 milhões liberados a 67 municípios de 17 estados para os mutirões de cirurgias eletivas. “O amigo ministro (da Saúde) Ricardo Barros, em 2017, ele confirma que foram mais de 80,6 mil cirurgias eletivas, e ele cita de uma maneira muito forte que os estados que já conseguiram organizar a fila única, e nós somos um deles – aliás, o primeiro que conseguimos fazer – esses estados vão ter oportunidade de reduzir ainda mais a fila de espera dos pacientes que aguardam por alguma cirurgia”, disse. Nos mutirões podem ser feitos procedimentos de média e alta complexidade, sem caráter de urgência. O deputado salienta que os procedimentos fazem parte da rotina dos atendimentos oferecidos à população nos hospitais de todo o país, de forma integral e gratuita, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde). Depois do anúncio dos recursos para os mutirões, a Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul agora aguarda manifestação do Governo do Estado sobre como deverá ocorrer o programa. Somente a partir das novas informações é que a Secretaria começará o processo de levantar a demanda de cirurgias eletivas da região. Quer receber as reportagens do OCP Online no WhatsApp? Basta clicar aqui