A Secretaria de Assistência Social e Habitação de Jaraguá do Sul informa a finalização da etapa de cadastro sobre as unidades habitacionais atingidas pelo ciclone, de competência do município. Os dados foram encaminhados para a Caixa Econômica Federal (CEF).

Os moradores que tiveram suas casas danificadas pela passagem do ciclone bomba, em 30 de junho, e comprovaram destelhamento, desabamento de muro, quebra de vidros, danos elétricos, danos econômicos por falta de energia elétrica na unidade consumidora ou avaria na edificação poderão sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Para estes casos, haverá a liberação de até R$ 6.220,00 por conta ativa de FGTS.

Houve 487 cadastros na Prefeitura, mas 36 apresentaram inconsistência e 10 foram cancelados.

Antes da efetivação do pagamento, caberá à Prefeitura a divulgação de uma listagem com a homologação das unidades habitacionais atingidas pelo fenômeno natural e seus respectivos endereços.

Outro passo obrigatório após a divulgação da lista, que acontecerá nos próximos dias, será o pedido da liberação do dinheiro, por parte do beneficiário, no aplicativo da instituição bancária.

Com informações da assessoria de comunicação da PMJS.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul