Jaraguá do Sul ficou com a melhor pontuação dos municípios catarinenses com mais de 100 mil habitantes, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2021. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na última sexta-feira (16), em Brasília.

A Rede Municipal de Ensino conquistou a posição de primeiro lugar, tanto nos Anos Iniciais (1º ao 5º ano) quanto nos Anos Finais (5º ao 9º ano). Nos Anos Iniciais, a nota de Jaraguá do Sul foi 7,0, à frente de cidades como Blumenau, Joinville, Brusque, São José, Itajaí, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Palhoça, Balneário Camboriú, Tubarão e Lages, que são os dez melhores posicionados do Estado. No Ideb dos Anos Finais, a nota de Jaraguá do Sul foi 6,2.

Foto: Eduardo Montecino/divulgação/PMJS

Entre os sete municípios da microrregião da Amvali, Jaraguá do Sul ficou com as melhores notas. Os resultados dos estados e municípios podem ser verificados no Painel Educacional, acessível também no portal do Inep.

Foto: Eduardo Montecino/divulgação/PMJS

O prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Franzner, comemorou o resultado. “Recebemos a informação de que Jaraguá do Sul atingiu de forma inédita, como a melhor Educação do Estado. Temos a melhor educação do Estado de Santa Catarina das cidades acima de 100 mil habitantes, e isso é fruto de muito trabalho e do compromisso dos nossos servidores e dos programas que criamos nos últimos anos”, disse o prefeito, citando como exemplo o trabalho desenvolvido durante a pandemia.

“Fomos a primeira rede a retornar com as aulas na pandemia, e talvez a única rede a fazer de fato aulas on-line nesse período, levando inclusive chips de celular e aparelhos para as famílias que não tinham acesso à Internet”, lembrou Jair Franzner. “Jaraguá do Sul é isso, zero evasão escolar, professores maravilhosos, estrutura de primeiro mundo e gente séria à frente das decisões”, concluiu, antecipando que muitas novidades estão sendo preparadas para a área de Educação, como os novos uniformes, atividades na área de tecnologia e investimentos na Educação Especial.

Foto: Eduardo Montecino/divulgação/PMJS

A secretária municipal de Educação, Ivana Atanásio Dias, salienta que “o primeiro lugar no Ideb, tanto nas séries iniciais quanto nas finais, é fruto de muita seriedade, muito foco e nenhuma distração com o que não é pedagógico e não serve ao crescimento dos alunos e da comunidade educacional”.

Citou também programas que têm contribuído para melhorar ainda mais a qualidade do ensino no município, como o Programa de Educação Garantida (PEG); Programa de Educação Financeira, as aulas de robótica e programação, a formação continuada dos professores e profissionais, o incentivo à leitura, a compra de mais de 30 mil livros, investimentos na estrutura das escolas, letramento digital, atuação pedagógica em rede, Feiras de Matemática e de Ciência e Tecnologia, entre outros.

Foto: divulgação/PMJS