Com uma legião de fãs, mas também pessoas que aguardam ansiosamente pela volta dos dias mais quentes, o inverno inicia às 12h54 desta sexta-feira (21) no Hemisfério Sul.

Nesta semana, uma frente fria conseguiu avançar pelo estado e deu uma prévia das temperaturas que esperam os catarinenses durante a estação.

No amanhecer de quinta (20), cidades da Serra chegaram a marcar -2,4ºC. Já na região Norte, a presença do sol fez o clima ficar agradável e ameno.

De acordo com a previsão do sistema Epagri, o inverno terá mínimas acima da média climatológica. A nebulosidade e chuva mais frequentes amenizam o frio.

Os efeitos do fenômeno El Niño ainda serão sentidos durante a estação e dificultam o avanço do ar frio de origem polar sobre o interior do Brasil.

No entanto, o meteorologista da Epagri Marcelo Martins reforça que as condições de geada, neve e frio extremo continuam em Santa Catarina.

"Durante esta estação as temperaturas sempre serão mais baixas e agora o bloqueio atmosférico que impedia o frio de se estender vai passar", aponta.

Apesar de um outono quente, Martins enfatiza que os meses mais frios do ano são julho e agosto, quando a probabilidade de neve nas áreas altas do Planalto Sul são maiores.

A condição de chuva significativa continua, com valores acima da média especialmente nos meses de junho e julho. O fenômeno El Niño mantém a nebulosidade e a chuva frequentes no Estado.

"Tradicionalmente, a estação é a menos chuvosa do ano, então mesmo se a precipitação for acima da média, não será em um volume preocupante", avalia o meteorologista.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?