O Instituto do Meio Ambiente termina o ano de casa nova em Jaraguá do Sul. Com uma coordenadoria regional há alguns anos e após uma mudança de estrutura e nomenclatura, o IMA ganhou uma nova sede.

A inauguração do espaço aconteceu nesta segunda-feira (10), mas os atendimentos já estavam acontecendo na sala cedida pelo município, anexa à rodoviária, no bairro Vila Baependi.

A localização facilitada é um dos pontos destacados pelo presidente estadual do Instituto, André Adriano Dick, que comenta ainda a funcionalidade de uma coordenadoria regional capaz de atender a demanda local.

“É importante pra nós ter uma sede em Jaraguá do Sul desafogando a regional de Joinville e podendo dar a oportunidade para uma cidade tão crescente, com um desenvolvimento tão importante para o estado. É uma regional pequena em número de municípios, mas que em número de movimento de processos é bastante significativa”, salienta.

O gerente regional João Deniz Vick ressalta ainda a importância da coordenadoria regional para os municípios da microrregião, aumentando a qualidade e melhorando o tempo de liberação de licenças.

Em 2018, até o momento, foram expedidas 120 licenças ambientais pelo órgão estadual. Além disso, conta o gerente regional, foram 186 atendimentos a denúncias e demandas encaminhadas pela Ouvidoria estadual e Ministério Público, 52 autos de infração ambiental e outras 21 notificações ambientais.

“Essa foi uma luta histórica da comunidade de Jaraguá e região, do setor empresarial que tinha essa necessidade. Estamos mais próximos da comunidade, dando um suporte e assim, não precisam se deslocar até Joinville. Conseguimos atender de maneira mais adequada tanto a região, como também desafoga a região de Joinville”, destaca.

No próximo ano, um reforço na equipe deve ajudar a melhorar o atendimento. Segundo Dick, o concurso público para chamamento de profissionais técnicos foi autorizado pelo governo e deve ser aberto no próximo ano, “produzindo mais cargos e melhorando a estrutura do Instituto”, diz.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Para Vick,  o objetivo com a melhoria na estrutura e equipe é aumentar a produção e dar mais agilidade ao processo. “O objetivo principal é aumentar a produção, temos alguns gargalos e todos os esforços são para melhor atender e dar melhor qualidade no prazo do atendimento final”, finaliza.

R$ 126 mil

Com 240 metros quadrados, a sala cedida pelo município passou por reformas estruturais durante todo o ano. A obra, iniciada ainda no primeiro semestre, teve investimento de aproximadamente R$ 126 mil – R$ 116 oriundos de recursos próprios do IMA e R$ 10 mil de termos de compromisso ambiental.

Para o presidente estadual do Instituto, André Adriano Dick, a parceria entre estado e município é fundamental para aproveitar espaços para o atendimento à população.

“A questão da parceria é muito importando, utilizando espaços públicos que poderiam estar ociosos por algum motivo, otimizando recursos públicos e isso é inerente a uma boa administração pública”, ressaltou.

Para o gerente regional do IMA, João Deniz Vick, a reforma do espaço dá um espaço adequado aos profissionais e melhora o local de atendimento ao público. “Essas duas vertentes são importantes e teremos uma melhora considerável no atendimento”, afirma.

Além da inauguração oficial do novo espaço, nesta segunda-feira a regional recebeu ainda um drone do IMA estadual para melhorar o processo de fiscalização.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?