Foto Divulgação/Escola Almirante Tamandaré

Foto Divulgação/Escola Almirante Tamandaré

O Ministério Público (MP) instaurou inquérito civil para investigar se o Estado está descumprindo determinação de número máximo de alunos por turma na Escola Estadual Almirante Tamandaré, em Guaramirim.

Segundo o MP, será apurado eventual descumprimento de sentença de uma ação anterior.

Segundo a secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul, Cristiana Poltronieri Ziehlsdorff, ainda não há notificação sobre a instauração do inquérito.

Ela explica que, no início do ano letivo, houve uma denúncia porque havia problema em uma turma, cujo total de alunos excedia o número máximo permitido, que é de 34. No entanto, a questão foi resolvida e hoje o número de alunos está dentro do permitido.

“Realmente não fomos notificados, mas não temos nenhuma turma com mais alunos que o permitido. A turma que apresentava problema, lá no início do ano, foi desdobrada”, ressalta.

Conforme informou, a escola Almirante Tamandaré conta com aproximadamente 670 alunos e possui um total de 12 salas de aula, mas não confirmou se todas estão sendo utilizadas.

A secretária regional disse que irá apurar o fato. O Ministério Público deverá oferecer mais informações ainda hoje.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?