Uma moradora de Turvo descumpriu medida sanitária de saúde e foi responsabilizada. O Comitê para enfrentamento da pandemia de Covid-19 alerta que há sanções para quem não cumprir com as determinações impostas para cuidar da saúde da coletividade.

Na segunda semana de março, a Polícia Militar recebeu uma denúncia informando que a mulher, portadora de Covid-19, estava com seu estabelecimento aberto e em atendimento a seus clientes.

A guarnição constatou o fato e a responsabilizou penalmente com um termo circunstanciado por ter descumprido as orientações da Secretaria Municipal de Saúde de ficar isolada em sua residência pelo prazo de dez dias, conforme disposto no Artigo 268 do Código Penal que fala em:

‘Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa (Infração de medida sanitária preventiva)’.