Índices de reajuste no IPTU podem variar entre imóveis da mesma rua em Jaraguá

Índices de reajuste no IPTU podem variar entre imóveis da mesma rua em Jaraguá Índices de reajuste no IPTU podem variar entre imóveis da mesma rua em Jaraguá

Cotidiano

Por: Adrieli Evarini

sexta-feira, 01:52 - 16/02/2018

Adrieli Evarini
Com a emissão de valores atualizados, os mais 61 mil carnês de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) começaram a ser entregues nesta semana em Jaraguá do Sul. Após grande polêmica devido às correções dos valores de acordo com a nova Planta Genérica de Valores (PGV), o imposto deve começar a ser arrecadado em março, quando vence o prazo para pagamento à vista e para a primeira parcela, em caso de divisão do valor integral. Quer receber as notícias do OCP Online pelo whatsApp? Basta clicar aqui Segundo o secretário da Fazenda, Márcio Erdmann, os dados exigem atenção, visto que ao corrigir os valores, em muitos casos houve um índice de reajuste superior ou inferior na mesma via. “Ontem mesmo atendi um contribuinte que o ajuste realizado na casa dele foi muito superior ao do vizinho, na mesma rua. Há ruas e bairros em que a oscilação foi muito grande entre imóveis próximos, encontramos essas diferenças em uma mesma rua e o trabalho foi feito justamente por isso, para corrigir esse problema que havia nas cobranças”, explica Erdmann. “Foram atualizados os valores de 1.600 trechos de ruas e em muitos casos com oscilações grandes”. O levantamento de quais ruas ou regiões tiveram maior ou menor aumento ainda não foi realizado pela Prefeitura. Mas o secretário admite que as correções de maior impacto ocorreram no Centro da cidade, por conta da valorização dos terrenos e imóveis desta região. De acordo com a tabela, na avenida Getúlio Vargas, por exemplo, o metro quadrado vai de R$ 1.680 a R$ 3.520, dependendo do trecho da via. A avenida Marechal Deodoro da Fonseca vai de R$ 1.600 a R$ 4.160 o metro quadrado. Em contrapartida, ruas como a Walter Janssen possui o mesmo valor – R$ 880 – em toda sua extensão. “Por si só o mercado imobiliário já costuma valorizar mais na região central, com essa valorização maior, então, a correção maior fica por conta dessa valorização. Além do Centro, as regiões centrais dos bairros, que são as que costumam crescer mais também tiveram maiores oscilações”, afirma Erdmann. Os atendimentos estão sendo realizados dentro do esperado e sem filas. “Nós teremos muitos atendimentos somente para tirar dúvidas quando o contribuinte receber o carnê”, completa o secretário. Carnês entregues até a próxima sexta-feira A entrega dos documentos emitidos pela Prefeitura iniciou nesta semana e, segundo o secretário da Fazenda, Márcio Erdmann, deve ser concluída até o fim da próxima semana. “Não temos o levantamento de quantos carnês já foram entregues porque quem realiza esse serviço de entrega são os Correios, mas pelo histórico do ano passado quando a maior parte foi entregue ainda na primeira semana, acredito que até o final da próxima semana todos os jaraguaenses tenham recebido o documento”, diz. O secretário lembra que o feriado de Carnaval deve atrasar a entrega em relação ao ano passado, mas que todos os documentos serão entregues em tempo hábil para o pagamento. Além disso, desde quarta-feira (14), os carnês podem ser consultados e impressos no site da Prefeitura, www.jaraguadosul.sc.gov.br/iptu. Até 12 de março os primeiros pagamentos devem ser contabilizados pela Prefeitura. O prazo é o mesmo para os pagamentos à vista, que concedem 10% de desconto, e o pagamento da primeira parcela – que poderá ser realizado em até oito vezes com parcela mínima de R$ 62,22. LEIA MAIS: - Distribuição do carnê do IPTU tem início durante a semana em Jaraguá do Sul - Prefeitura de Jaraguá lança vídeo nas redes sociais para explicar novo cálculo do IPTU
×