O senhor Renato Kunze de Barra Velha está sorrindo á toa! O motivo é a fertilidade acentuada de suas terras que deram a ele uma colheita impressionante no último fim de semana. A família estava reunida e resolver arrancar um pé de aipim que a tempo estava no terreno. Sem imaginar suas proporções exatas, que normalmente correspondem a ramas de poucos quilos, nesse caso, quatro pessoas utilizaram uma técnica para arrancar o gigante de 67 Kg.

Fenômeno Natural

Os especialistas acreditam que vários fatores contribuíram para o crescimento acima do comum. Um deles é o tipo de solo da região, arenoso, que favorece a expansão da raiz. Não há registro oficial sobre os tamanhos recordes de mandiocas colhidos no Brasil. Em 2016, uma mandioca de 112 quilos foi colhida no Ceará, e outra de 200 quilos cresceu no quintal de uma casa no sul paranaense.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger