O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) emitiu nesta terça-feira (20) a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o projeto de engordamento da Praia de Canasvieiras.

Com a licença, a prefeitura de Florianópolis entrega, nesta quarta-feira (21), a ordem de serviço para que a empresa DTA Engenharia Ltda inicie os trabalhos que vão de Canajurê até o Rio do Brás. O projeto será executado em um prazo de até 120 dias pela empresa, num investimento de R$ 10.517.610,60.

“Nossa equipe trabalhou incansavelmente todos os dias para obter essa autorização e darmos início, finalmente, a essa obra tão importante para a nossa cidade, tanto no aspecto turístico quanto de oportunidades e geração de renda para a próxima temporada de verão. É uma obra histórica e pioneira em Florianópolis”, destacou o prefeito Gean Loureiro.

A faixa de areia chegará a ter, inicialmente, em torno de 40 a 50 metros de largura e, depois de estabilizada, de 30 a 35 metros | Foto Ewaldo Willerding/OCPNews

Para a emissão da Licença Ambiental de Instalação, a segunda de três licenças que são necessárias para a operação do projeto, a equipe do IMA realizou uma força tarefa, convocando, inclusive, reunião extraordinária da Comissão Regional de Licenciamento.

Após a entrega de boa parte da documentação no final de julho e o restante em agosto, os técnicos realizaram a análise de forma célere visando a importância do projeto para a região Norte da Ilha.

A próxima etapa é a Licença Ambiental de Operação (LAO) que deve ser solicitada durante o prazo de validade da LAI, 24 meses. Após cumpridas as condicionantes ambientais, o IMA emite a LAO, terceira e última licença necessária para o empreendimento.

Área para o aterro será de uma jazida submersa situada a cerca de 1,5 km da praia | Foto Ewaldo Willerding/OCPNews

O Projeto em números

  • Extensão total de 2.325 metros
  • Duração dos trabalhos de 120 dias
  • A faixa de areia chegará a ter, inicialmente, em torno de 40 a 50 metros de largura e, depois de estabilizada, de 30 a 35 metros.
  • A área para o aterro será proveniente de uma jazida submersa situada na mesma baía, a cerca de 1,5 km da praia.
  • A estimativa é a de que a orla receba um volume total de 344.685,97 m³ de areia fina de cor e espessura semelhantes à existente.
  • A obra tem investimento de R$ 10.517.610,60.

Serviço

  • O quê: Ordem de serviço para o alargamento da faixa de areia de Canasvieiras
  • Quando: Quarta-feira (21), às 9h30min
  • Onde: Sabor Pizza - R. Me Maria Villac, 1378 - Canasvieiras

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: