Há quase um ano Eneide Bahia de Souza, de 62 anos, está presa dentro da própria casa, porque o vizinho demoliu a escada de acesso à residência da idosa, que fica na cidade de Itacaré, no sul da Bahia.

O vizinho, Sérgio Luiz Alvez Santiago, afirma que a escada foi construída de forma irregular em um terreno que pertence a ele.

Em entrevista ao telejornal "Bahia Meio Dia" a idosa que tem problemas de saúde e ainda não tomou a vacina contra a Covid-19 por causa da situação, não segurou o choro ao contar sobre o que vem passando nesse quase um ano sem sair de casa.

“Isso para mim é tristeza, é doloroso”, disse Eneide.

O noticiário acompanha o caso desde janeiro e explica que o terreno onde ficava a escada da idosa é alvo de uma ação judicial. O pai de Eneide, que é falecido e não teve o nome divulgado, e o vizinho Sérgio Santiago, brigavam por uma espécie de beco que dá acesso à casa do primeiro andar e um imóvel comercial que fica embaixo.

Porém, após vencer uma ordem de reintegração de posse em 2019, o próprio vizinho demoliu a escada.

Foto: Reprodução

Os familiares da idosa arrumaram uma escada “improvisada” para levar compras de mercado e farmácia.

 

Foto: Reprodução

 

Como a briga começou

A briga começou em 2007 quando o pai de Eneide e Sérgio discutiram por causa do terreno. Na Justiça, o vizinho ganhou a causa em primeira e segunda instância. Porém, a idosa tentou reverter a situação do processo com uma liminar, mas não conseguiu.

O vizinho, então, demoliu a escada com golpes de marreta. O telejornal "Bahia Meio Dia" procurou Sérgio Santiago e recebeu uma resposta do seu advogado. Segundo Juraci Falcão, a escada foi construída de maneira irregular quando o seu cliente não estava.