Após três dias, Içara registrou mais um óbito por covid-19. Nesta quinta-feira, dia 10, a Vigilância Epidemiológica do município recebeu a confirmação da morte de um homem de 56 anos, com comorbidades, que morava no bairro Primeiro de Maio, e faleceu no Hospital São Donato. Esse já é o 16º caso de falecimento registrado em Içara.

Nos dados de hoje, Içara contabiliza 2.696 casos confirmados, sendo 2.186 curados, 477 em tratamento domiciliar, 12 em hospitalar, 5 em UTI e, agora, 16 óbitos. São 529 casos suspeitos, sendo 526 em tratamento domiciliar e outros 3 hospitalar. Os casos suspeitos monitorados chegam a 3.439 pessoas.

Para facilitar no atendimento da população, o município dispõe de dois Centros de Triagem: Jardim Elizabete e o da FAI, na Praça da Juventude. Ambos com atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, além disto, as unidades de saúde também estão fazendo o atendimento às pessoas que estão com suspeitas das 7h às 16h.

Mortes por coronavírus em Içara:

1ª morte (19/06) - Homem de 87 anos - bairro Jussara
2ª morte (24/07) - Homem de 51 anos - bairro Jussara
3ª morte (27/07) - Homem de 53 anos - bairro Jardim Elizabete
4ª morte (31/07) - Mulher de 67 anos - bairro Cristo Rei
5ª morte (04/08) - Homem de 72 anos - bairro Cristo Rei
6ª morte (10/08) - Homem de 73 anos - bairro Jardim Silvana
7ª morte (17/08) - Mulher de 58 anos - bairro Cristo Rei
8ª morte (19/08) - Mulher de 73 anos - bairro Presidente Vargas
9ª morte (15/09) – Mulher de 27 anos – bairro Presidente Vargas
10ª morte (28/09) – Homem de 73 anos – bairro Presidente Vargas
11ª morte (25/10) – Homem de 74 anos – bairro Sanga Funda
12ª morte (20/11) – Mulher de 87 anos – bairro Vila Nova
13ª morte (03/12) – Homem de 66 anos – bairro Centro
14ª morte (03/12) – Homem de 73 anos - bairro Primeiro de Maio
15ª morte (06/12) – Homem de 88 anos - bairro Boa Vista
16ª morte (10/12) – Homem de 56 anos - bairro Primeiro de Maio

 

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp