Criciúma tem hoje 59 pacientes internados entre casos confirmados e suspeitos de contaminação pela Covid-19. Desses, 27 estão em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intersiva) e 32 em leitos clínicos. Em um mês a queda foi de 44 internados se compararmos com a mesma data no mês de agosto, quando 103 pessoas estavam internadas.

No Hospital São José, são 42 pacientes internados, sendo 16 em leitos de UTI. Para o diretor técnico da Unidade, Dr. Raphael Elias Farias a queda tem ocorrido, mas não é o momento de relaxar. "Nós estamos em uma situação com um quantitativo menor de interações, mas ainda há bastante pacientes que precisam de internações e precisam de leitos de UTI", afirmou o médico

"É um momento de queda, mas é muito necessário que as pessoas entendam que o vírus ainda está circulando, ainda é um momento de se preocupar. Por mais que as pessoas ouçam que o número de casos está caindo no Brasil, no Estado e aqui na nossa região é muito necessário que cada cidadão mantenha seus cuidados", completou.

Para o médico, a queda no número de novos casos diz respeito ao número maior de pessoas que já tiveram o novo coronavírus. "No início, uma pessoa infectada transmitia para outras três. Agora, estamos com uma pessoa infectada ao que seria uma quantidade de -1", finalizou Elias.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp