O Hospital Santa Isabel está prestes a atingir a marca histórica de 3,5 mil transplantes de órgãos realizados. Reconhecida como uma das referências nacionais neste tipo de cirurgia, a instituição blumenauense já viabilizou cerca de 3.490 transplantes - o primeiro deles ocorreu há 40 anos, todos custeados integralmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Atualmente, o hospital oferece serviço de transplante renal, de córnea, coração, fígado, pâncreas e pâncreas-rim conjugado. A doação dos órgãos acontece mediante a autorização da família de um paciente que teve a morte encefálica diagnosticada. No Brasil, a média de recusa pela doação é de 40%. Em Santa Catarina, a taxa cai para 27%, e em Blumenau, ela é ainda menor: apenas 17% de recusa dos familiares.

No próximo dia 27 de setembro celebra-se o Dia Nacional da Doação de Órgãos. Todos os anos, o Hospital Santa Isabel aproveita a data para organizar uma programação especial voltada à conscientização sobre a importância da doação de órgãos. Em 2020, por conta da pandemia de coronavírus, a unidade de saúde promoverá ações mais simples, que não acarretem em aglomeração de pessoas.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul