O Hospital Regional de São José (HRSJ) aumentou em mais de 80% o número de cirurgias nos quatro primeiros meses de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado. O acréscimo é reflexo do reabastecimento conquistado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e dos esforços da direção do complexo hospitalar em realizar uma gestão eficiente. Em 2018, foram realizadas 1.501 cirurgias em janeiro, outras 1.527 em fevereiro, 1.652 no mês de março e 1.742 em abril, totalizando 6.422 procedimentos. Em 2017, o número chegou a 3.544, distribuídos em 916 cirurgias em janeiro, 733 em fevereiro, 980 em março e 925 em abril. No total, houve um acréscimo de 2.868 pacientes atendidos. Os números mostram a importância das medidas de gestão realizadas pela SES e que refletiram no aumento do índice de estoques de medicamentos e materiais hospitalares. Na última quarta-feira, 2, o estoque chegou aos 84% em relação aos medicamentos, índice próximo da meta do Governo do Estado, que é atingir 90%. Gestão De acordo com o diretor do Hospital Regional de São José, Valdir Ferreira, além do reabastecimento, algumas medidas de gestão estão sendo realizadas. Uma delas é uma nova sala para procedimentos cirúrgicos. “Um dos gargalos no hospital é o tempo de sala. Envolve várias equipes para levar paciente, preparo, anestesia, sala equipada com materiais e o ato cirúrgico em si, sem contarmos a recuperação pós-anestésica e a limpeza da sala. O que fizemos foi identificar os gargalos de tempo e otimizamos a utilização das salas", detalha Valdir Ferreira. Outra medida de impacto, segundo ele, está relacionada ao mapa cirúrgico elaborado pelo núcleo interno de regulação que prioriza os pacientes internados e calcula o tempo de cada cirurgia. A redução do tempo de permanência dos pacientes na Emergência também contribuiu para a desocupação de leitos e para a realização de cirurgias eletivas. "Essa ação é fruto de uma consultoria realizada pelo Hospital Sírio Libanês por meio de uma parceria com o Ministério da Saúde (MS). A consultoria é gratuita e segue padrões adotados na indústria através da ferramenta Lean", complementou o diretor do HRSJ.