A equipe do Hospital e Maternidade Jaraguá realizou mais um procedimento inédito na cidade.

A circulação extracorpórea, aplicada pelos médicos do setor de cardiologia da unidade, foi determinante para a recuperação de um paciente de 60 anos de idade que sofreu um infarto de grande proporção.

Conforme o cirurgião cardíaco Thales Cantelle Baggio, o ECMO foi utilizado para que o coração do paciente tivesse tempo de se recuperar do incidente.

“Usamos o dispositivo de oxigenação extracorpórea por membrana durante sete dias, nos quais o sangue era desviado para a máquina. O aparelho é responsável por oxigenar e bombear o sangue de volta para o corpo”, explica.

A tecnologia, considerada sofisticada, imita a função natural do coração e dos pulmões, permitindo que se poupe os órgãos enquanto a recuperação acontece.

Dispositivo imita função real do coração e dos pulmões | Foto Divulgação HMJ

Segundo Baggio, o paciente necessitou apenas de cirurgia para colocação e retirada das cânulas que o ligavam ao dispositivo.

Ele já recebeu alta médica e, agora, segue tendo os cuidados comuns indicados a quem sofreu um infarto.

 

Com informações da assessoria de imprensa

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger