Após inúmeras tentativas para conquistar novamente a habilitação dos leitos de UTI usados no enfrentamento à pandemia do coronavírus, o Hospital Beatriz Ramos, de Indaial, recebeu a confirmação pelo Governo do Estado de que a ala continuará recebendo recursos para custeio. O setor conta com dez leitos.

A primeira habilitação ocorreu em julho, mas teve o prazo expirado em setembro. Desde então, o hospital vinha em busca de uma renovação. "Agora a UTI será custeada por 12 meses no enfrentamento à pandemia”, disse a administradora do Beatriz Ramos, Adriane Ferrari.

Para o prefeito de Indaial, André Moser (PSDB), esta é mais uma batalha vencida em meio ao agravamento da doença em todo o estado. “Não podemos ficar esperando de braços cruzados. Temos que correr atrás e buscar o melhor para nossa comunidade. É inadmissível estarmos chegando à beira da lotação da UTI e não recebermos essa liberação”, afirmou.

Atualmente, a UTI do Hospital Beatriz Ramos está com 100% de lotação.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: