Há um mês, Criciúma tinha mais de 2 mil casos ativos de Covid-19; hoje são 573
Há um mês, Criciúma tinha mais de 2 mil casos ativos de Covid-19; hoje são 573

Desde 20 de julho, até a semana passada, o número de casos ativos de Covid-19, em Criciúma, não baixava de mil.

Há um mês, a cidade contabilizava exatos 2.016 casos ativos de coronavírus, chegando ao pico da doença.

Nesta segunda-feira, conforme Boletim Epidemiológico emitido pela Secretaria em Saúde de Criciúma, são 573 ativos, uma baixa considerável, ou seja, 1.443 a menos.

Há seis dias consecutivos, a cidade contabiliza mais casos curados do que novos casos, o que dá, consequentemente, a queda de infectados ativos.

Óbitos

Em contrapartida, o número de óbitos ainda segue preocupante. Há um mês, Criciúma contabilizava 47 óbitos. Hoje são 83, não muito longe de ser o dobro, em apenas um mês.

Queda de hospitalizados

Em relação ao número de hospitalizados, também uma queda significativa. Há um mês, a cidade tinha 128 hospitalizados. Hoje, são 67 internados, quase que a metade a menos.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul