Guarda Municipal de Joinville orienta sobre o deslocamento até as escolas

Guarda Municipal de Joinville orienta sobre o deslocamento até as escolas Guarda Municipal de Joinville orienta sobre o deslocamento até as escolas

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sexta-feira, 06:30 - 02/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
A Guarda Municipal de Joinville orienta pais e responsáveis sobre o deslocamento de crianças e adolescentes na ida e na volta das escolas. Agentes atuam na ronda escolar diariamente, na entrada e saída de turnos, e também na mediação de conflitos no ambiente escolar. “A principal intenção com essas orientações é que a ação preventiva inicie em casa. Muitas situações que chegam para nós podem não ocorrer pelo fato dos alunos terem sidos orientados”, disse o guarda municipal Eduardo Ferraz. Os especialistas em segurança alertam que é preciso dizer aos filhos para não falarem com pessoas estranhas, não entrarem em veículos desconhecidos e não aceitar ou comprar balas, doces e alimentos de pessoas desconhecidas. “São as ocorrências mais comuns, quando terceiros abordam crianças no caminho. Nós fazemos o trabalho de rondas e verificação, mas muitas vezes é difícil localizar. Crianças não costumam anotar placas e confundem tipos de veículos”, disse o agente. Se a criança for abordada ou constrangida, deve saber que precisa procurar ajuda imediatamente. A Guarda Municipal também repassa informações sobre segurança em relação ao trânsito. É preciso falar em casa sobre a necessidade de usar a faixa de pedestres quando for atravessar a rua. E também para não caminharem digitando ou usando o celular. “As crianças que vão sozinhas geralmente não observam a segurança de trânsito”. A Guarda Municipal orienta que os pais devem combinar um ponto de encontro próximo ao portão da escola. Outro ponto importante é conhecer os amigos dos seus filhos e falar sobre as consequências do uso de álcool e drogas. “Os pais orientando, as ocorrências podem diminuir. Somos chamados depois que o fato aconteceu, mas é importante que não aconteça. A abordagem em relação as drogas é muito comum, quando o aluno é influenciado a usar. Muitas vezes o pai não observa o filho em casa e não conhece os amigos, não sabe, por exemplo, que aquele amigo é de um reduto de usuários de drogas”, disse Ferraz. Em caso de emergência, ligue para o 153, o telefone da Guarda Municipal.
×