Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o Governo de Santa Catarina havia proibido a prova de alguns produtos nas lojas, como os sapatos, para evitar a disseminação do vírus.

Pensando em uma solução para auxiliar o setor calçadista, um pedido protocolado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL/SC), foi realizado para que a prova voltasse a ser permitida, desde que com segurança.

Após a solicitação, o Estado decidiu alterar o inciso I do artigo 8º da Portaria SES nº 257 de 21 de abril de 2020, que permite a ação desde que seja utilizado um plástico filme no calçado, o mesmo deve ser trocado ou higienizado após o cliente experimentá-lo.

A mesma regra se estende para a prova de acessórios e bijuterias, que devem ser devidamente limpos após o contato com consumidores. No entanto, a prova de vestimentas com roupas continua não sendo permitida.

“Essa é mais uma pequena vitória para o nosso setor. Buscamos encontrar soluções para evitar que o comércio sofra o menor impacto possível na atual situação. Precisamos nos adaptar a realidade, protegendo o comércio e acima de tudo, nossos consumidores”, explica o presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul