Uma reunião nesta quinta-feira (5), coloca em debate o destino do lixo sólido de Joinville e de Jaraguá do Sul. O encontro foi entre os integrantes dos conselhos das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) das duas cidades do norte do estado. A união dos prefeitos, presidentes de Câmaras, representantes da sociedade civil organizada e membros do conselho acontece na Associação Empresarial de Guaramirim (Aciag), às 14h. A discussão acerca do destino dos resíduos sólidos aconteceu porque os secretários regionais notaram que os municípios estão tomando inciativas próprias sobre a gestão do lixo, quando o problema é comum e as cidades têm estudado a terceirização do serviço ou aderindo a consórcios. Em Jaraguá do Sul, a gestão do lixo até 2019 fica sob comando de empresa privada, por concessão. Um dos motivos apontados é o alto gasto com o serviço, cerca de R$ 1,2 milhão para o transporte dos resíduos até o aterro de Mafra. Todo ano, há um déficit de cerca de R$ 3 milhões pela inadimplência de usuários que não pagam a taxa de coleta. Já em Guaramirim, um projeto de lei será protocolado na Câmara de Vereadores autorizando a instalação de uma usina de processamento no município. Conforme a ADR,  na reunião serão definidas maneiras de gestão regional e integrada com os municípios da região para diminuir as desvantagens do modelo regional para as cidades pequenas.