Pela primeira vez na história, Gaspar terá o maior símbolo da Tradição Gaúcha no município. A chegada da Chama Crioula, marca uma série de programações alusivas à Semana Farroupilha 2021. A Chama Crioula é o ato de abertura das comemorações da Semana Farroupilha, que representa o sentimento tradicionalista do povo gaúcho, a cultura e história desse movimento. A cerimônia oficial será realizada nesta segunda-feira, na Estância Pereira, às 20h, no Bairro Lagoa. A programação acontece entre os dias 13 e 20 de setembro.

A força do tradicionalismo gaúcho é demonstrada em Gaspar por meio da cultura, vivência, fala, vestimentas, entre outros. Para os gaúchos, que escolheram Gaspar para criar raízes, as expectativas com as festividades da semana farroupilha são altas. “Toda a comunidade gaúcha está feliz. A expectativa é muito alta, será um momento para a história do nosso município. Sabemos da importância da chama crioula e, ter ela aqui, nos emociona demais”, conta a gaúcha Jocenira Waltrich.

Desde 2017 a Semana Farroupilha faz parte do calendário oficial de eventos de Santa Catarina, por conta da pandemia, o evento teve que ser cancelado no último ano. Neste ano, será comemorada de uma forma diferente e respeitando todos os protocolos de segurança devido a Covid-19. O evento é uma realização da Prefeitura de Gaspar, por meio da Diretoria de Cultura, Grupo de Dança Coração do Sul, CTG Coração do Vale e MTG/SC.

Para a diretora de Cultura, Bruna Basei, é fundamental o apoio aos grupos tradicionalistas, assim como todos os meios culturais. “Estamos sempre dando atenção às várias formas de cultura que encontramos no município. A realização da Semana Farroupilha já está consolidada como um grande encontro do tradicionalismo e, este ano, será celebrada pela nossa comunidade”.

Semana farroupilha

A tão conhecida Semana Farroupilha é um evento festivo da cultura gaúcha que, desde 1947, passou a ser comemorada de 13 a 20 de setembro, com desfiles em homenagem à tradição gaúcha e também relembrando os líderes da Revolução Farroupilha, que ocorreu entre 1835 e 1845. É uma semana dedicada ao culto às tradições gaúchas.