A segunda audiência de conciliação, entre Prefeitura e Sintrasem, começou às 10h, nesta terça-feira (17), no Tribunal de Justiça, e terminou mais uma vez sem acordo. Agora, o futuro sobre a paralisação dos servidores fica nas mãos da Justiça. Até às 16h30, o desembargador Hélio do Valle Pereira vai decidir sobre a legalidade da greve, valor da multa e se vai revogar ou não a decisão da semana passada, de manter 100% das unidades escolares abertas e atendimento em 50% dos serviços na área da saúde. Conforme já adiantou o OCP News, em matéria desta segunda-feira (16), sobre a greve, na Câmara de Vereadores de Florianópolis, para a sessão desta terça-feira (17), mais uma vez é esperada a presença massiva dos servidores públicos, que novamente tentarão pressionar os vereadores. Porém, como a base governista tem maioria, a aprovação do PL já é dada como certa.