Fundo empresarial doa respiradores em Florianópolis e outras regiões do estado

Respirador doado pelo Fundo Empresarial para Reação Articulada de Santa Catarina Contra o Coronavírus (FERA/SC), liderado pela Federação das Indústrias (Fiesc), possibilitou a criação de um novo leito de UTI para atendimento a pacientes com Covid-19 no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis.

O centro, especializado em doenças respiratórias, tem 15 leitos de UTI - sete deles para pacientes que precisam de atendimento intensivo por causa de complicações causadas pelo novo coronavirus.

"Durante a pandemia vimos vários exemplos de solidariedade que nos alegraram bastante. A doação do respirador é mais um deles - e muito importante, já que a estrutura de suporte respiratório a pacientes é essencial em um centro especializado como o nosso", diz Ivete Masukawa, diretora da unidade.

"É motivo de orgulho e satisfação para a Fiesc fazer a entrega de um equipamento essencial que irá melhorar a infraestrutura de atendimento hospitalar à população, ainda mais em um momento tão crítico. A indústria tem demonstrado muita solidariedade e que está engajada para apoiar a sociedade no enfrentamento da doença", diz o vice-presidente da Fiesc para a Grande Florianópolis, Fernando Rocha.

Contribuições realizadas

No início de setembro foram doados equipamentos também aos hospitais Nossa Senhora do Patrocínio, de Campo Belo do Sul; Hospital São Vicente de Paulo, de Mafra, e Hospital São José, de Criciúma.

 

“O Fundo FERA tem a finalidade de apoiar investimentos em soluções para minimizar os efeitos do coronavírus em Santa Catarina”, afirma o presidente da Fiesc", Mario Cezar de Aguiar. “As contribuições recebidas caracterizam o espírito de solidariedade do industrial catarinense e que já foi demonstrada em inúmeras outras oportunidades que o Estado viveu em situações críticas”, acrescenta.

Outras regiões já atendidas

Até então, já tinham sido doados respiradores às cidades de Jaraguá do Sul, Rio do Sul, São José, Itajaí e Chapecó. Além desses equipamentos, o Fundo Fera já efetivou doações de medicamentos, de equipamentos de proteção individual de pessoal da saúde, colaborou no transporte de ventiladores consertados e investiu em projetos industriais de combate à pandemia e a contaminação.

Os respiradores foram fabricados pela Novitech, de São Bernardo do Campo, empresa que recebeu consultoria do Instituto SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura, de Joinville, em parceria com a Whirlpool, para ampliação da capacidade de produção.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp