Nesta sexta-feira (30), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas sancionou a lei que proíbe as pessoas de fumarem nos parques públicos municipais da cidade.

O projeto teve a autoria do vereador Ricardo Teixeira (DEM). O texto prevê a proibição a cigarros, cigarrilhas, cachimbos, charutos, narguilés e outros produtos fumígenos.

A penalidade prevista para quem desrespeitar a lei é de R$ 500. São Paulo já tem há aproximadamente 10 anos uma lei que proíbe o fumo em locais fechados, sendo que a multa é mais alta: R$ 1.253,50. Se for reincidente, a penalização dobra.

O texto também prevê a instalação de placas avisando a proibição e espaços que servirão como fumódromos.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger