A Defesa Civil de Criciúma, juntamente com a Secretaria de Assistência Social, tem atuado nesta onda de frio intenso que atinge a região, abordando pessoas em situação de rua ou situação de vulnerabilidade social. Desde a última quarta-feira (28) as equipes estão em missão das 21h30 a 01h00 buscando encaminhamentos para a Casa de Passagem.

"Estamos atendendo a todos os chamados da Defesa Civil e mais a demanda espontânea da missão. Na quarta-feira foram feitas 14 abordagens com quatro encaminhamentos para a Casa de Passagem e na noite de quinta para sexta foram 12 abordagens e cinco encaminhamentos", informou o diretor da Compdec, Fred Gomes.

Conforme o diretor, inúmeros moradores não aceitam o encaminhamento para os equipamentos sociais da Prefeitura. "Nem todos eles querem ir e nós não podemos obrigar ou levar a força. A gente oferece o serviço, insiste, mas não pode levar a força", explicou Gomes.

Na noite desta quinta e madrugada de sexta-feira o serviço segue sendo realizada com as equipes nas ruas.

Abordagens são realizadas nas ruas das 21h30 a 1h00

Chamados

Além das abordagens, os setores também estão atendendo a chamados pelos telefones 199, (48) 3437-5342 e 9 9162-9006. Além dos trabalhos feitos periodicamente pelos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) com as pessoas em vulnerabilidade social cadastradas, o Município ainda dispõe do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) e Casa de Passagem.

O Centro Pop está localizado na rua Martinho Lutero, 179/325, e a Casa de Passagem na rua Giácomo Sônego, 415, ambos no bairro Pinheirinho.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp