Foi oficialmente instituída, em sessão na tarde desta terça-feira, a Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Deficiência (PcD) da Câmara de Vereadores de Criciúma. A Frente tem como presidente o vereador Obadias Benones (Avante) e, como secretário, o vereador Nícola Martins (PSDB). O ato foi iniciado pela presidente da Casa Legislativa, Roseli De Lucca Pizzolo (PSDB), que lembrou que a Frente foi resultado de um requerimento do vereador Obadias parabenizando-o pela iniciativa.

Segundo o presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Deficiência (PcD), um dos objetivos é trazer para perto entidades, instituições e sociedade civil organizada para ouvi-los e direcionar as demandas para debate na Câmara visando melhorias às PcD´s. Em agosto, Obadias foi proponente de uma Audiência Pública para tratar da implementação do Dia Criciumense da Língua Brasileira de Sinais, dentre outras medidas em prol da comunidade surda e demais PcD´s.

“Foi quando iniciou a nossa batalha, que está apenas começando, e a Audiência foi um sucesso. Em cima de algumas falas, entendemos que era necessário esta Casa também ter um posicionamento e ser representativa. Vamos atuar fortemente na causa, nos direitos que elas têm e precisam, como é o caso da acessibilidade, um tema muito importante e atual e que a Câmara precisa de fato trabalhar para beneficiar e alcançar essas pessoas”, ressaltou o presidente da Frente.

Além do presidente e secretário, compõem também a Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Deficiência (PcD), os vereadores: Manoel Rozeng (PP), Miguel Pierini (PP), Daniel Antunes (União), Albertino Pacheco (PCdoB) e Paulo Ferrarezi (MDB).

“Todos os vereadores têm muito carinho pela causa e tenho certeza que será um trabalho fantástico em prol desta classe de pessoas que precisa da nossa ajuda, do nosso trabalho, do nosso auxílio. E, de fato, com muita certeza, estaremos atuando a inclusão. E isto, de fato, é inclusão”, finalizou.