Além do frio intenso, devido ao avanço de uma massa de ar seco e frio, de origem polar, que declina acentuadamente as temperaturas mínimas em todo o estado a partir desta noite, e principalmente nas madrugadas de sexta e sábado, a Defesa Civil de Santa Catarina também alerta para o risco de ressaca no litoral, incluindo o Sul.

A condição se dá por conta da formação de um ciclone no mar, na altura do litoral do Rio Grande do Sul, que intensifica o vento e deixa o mar agitado.

O vento do quadrante sudoeste/oeste varia entre 20 e 30 km/h com rajadas entre 50 e 80km/h. No mar, ondas de Sul próximas à costa com altura entre 1,5 e 2,0m e picos de 3,0m no Litoral Sul.

 

 

 

 

 

Imagem/Arquivo