Escritoras traduzem a vida de mulher, com as “dores e delícias” desse ser - Foto: Divulgação
Escritoras traduzem a vida de mulher, com as “dores e delícias” desse ser - Foto: Divulgação
Toda a energia das mulheres serviram de inspiração e base para que cinco escritoras, duas de Jaraguá do Sul e as outras de Joinville, dessem vida ao livro “Elas Contam”. A obra é um apanhado de crônicas e contos que trazem à tona temas inerentes ao universo feminino, elaborados totalmente por mulheres, mas que interessam a todos os gêneros. Sem nenhuma coincidência, o livro será lançado hoje, às 20 horas. O dia foi escolhido “a dedo”, já que nele é celebrado o Dia Internacional da Mulher.
Ana Janete Pedri, Elizabeth Fontes, Marlete Cardoso, Nilza Helena Vilhena e Odenilde Martins foram as responsáveis por traduzir em palavras todas essas nuances da mulher e dar vida ao projeto, idealizado desde 2013, mas que começou a se concretizar no fim do ano passado. Segundo a escritora Nilza Helena Vilhena, que mora em Jaraguá do Sul, a ideia começou por iniciativa dela e de Ana Janete Pedri. Juntas, conversaram sobre as formas de viabilizar o projeto e chegaram aos nomes de Elizabeth, Marlete e Odenilde para completar a obra. “O critério utilizado foi observar a similaridade de escrita, de trajetória e de sentimentos, e também a disponibilidade das escritoras para abraçar esse projeto, até porque ele utilizou recursos próprios”, explica. Como a princípio seriam oito escritoras, o grupo decidiu reforçar o time de mulheres do livro com outras três pessoas: a artista plástica Tania Cotrim, que fez a capa, a escritora Urda Alice Kruger, que preparou as orelhas do livro, e a professora doutora Taiza Mara Rauen Moraes, que assinou o prefácio.
Nilza explica que todas as envolvidas no livro eram livres para produzir, desde que ficassem dentro da proposta do livro, que é falar sobre mulher. Cada um dos contos e crônicas apresentados nas 134 páginas têm o nome de uma mulher como título. “A violência contra a mulher, a força da mulher tanto no trabalho quanto na família e convívio social, a energia que ela traz, a força da mãe. Todas as diversas nuances da mulher, tanto no bem quanto no mal, aparecem no livro”, conta. A proposta de envolver apenas mulheres falando de mulheres, segundo a escritora, era para promover uma reflexão sobre a vida da mulher mostrando a “força da mulher transbordando por tudo isso”, e gerar uma emoção ao leitor.
O lançamento em Jaraguá do Sul está marcado para às 20 horas de hoje, no Petit Jardin - Café Bistrô. Ele contará com a participação da artista Bel Bandeira, que apresentará trabalhos de grandes escritoras em uma performance que envolve música e interpretação. O livro será lançado também em Joinville no dia 10, em Blumenau no dia 12 e ainda há lançamentos programados para Florianópolis, Itajaí e Curitiba, no Paraná. O livro será comercializado por R$ 25.
Serviço
O quê: Lançamento do livro Elas Contam
Quando: hoje, às 20 horas
Onde: Petit Jardin – Café e Bistrô, na rua Mal. Deodoro, 1233 – Centro
Quanto: Entrada gratuita. Livro será vendido por R$ 25