O segundo dia de vacinação contra a gripe dos pescadores artesanais com mais de 50 anos de Florianópolis terminou com 400 doses aplicadas. Na manhã e tarde desta segunda-feira (11), os servidores da Secretaria da Saúde e da Superintendência da Pesca, Maricultura e Agricultura de Florianópolis passaram pelos ranchos de pesca das praias do Norte, Leste e Sul da Ilha.

A ação não só vacina os pescadores, mas também cadastra e entrega máscaras, para que eles se protejam contra o coronavírus, podendo trabalhar com mais segurança durante a pandemia.

O circuito começou nos Ingleses. Na sequência, foi a vez dos ranchos do Moçambique e da Barra da Lagoa. Durante a tarde, passagem pelos ranchos das praias da Galheta, Praia Mole, Lagoa da Conceição, Joaquina e Campeche.

Na última sexta-feira, no 1º dia de vacinação deste grupo, o circuito passou pelas praias da Daniela, Canasvieiras, Jurerê, Cachoeira do Bom Jesus, Ponta das Canas, Lagoinha do Norte, Praia Brava, Ingleses e Santinho.

O circuito de vacinação pelas praias da Ilha termina nesta terça (12), com as praias de Armação do Pântano do Sul e Pântano do Sul. Ao todo, a expectativa é de vacinar cerca de 800 pessoas envolvidas com a pesca da tainha, todas elas com mais de 50 anos.

A temporada de pesca artesanal da tainha começou no dia 1º de maio.

 

 

Foto Studio OCPQuer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp