A Secretaria de Saúde da Capital reiterou que seguem os problemas no recebimento do cadastro de vacinados no sistema do Ministério da Saúde.

O município já subiu no sistema federal mais de 205 mil doses aplicadas, enquanto a base de dados do Ministério está considerando pouco mais de 123 mil aplicações. O problema foi detectado já no início da vacinação no Brasil e informado para o Ministério.

Atualmente, a Prefeitura da Capital utiliza um sistema em tempo real para cadastrar vacinados. Já no local de vacinação, a equipe insere de modo online os dados pessoais e o tipo de vacina para o usuário.

Através do covidometrofloripa toda a população tem acesso ao número de aplicações e público-alvo. Além disso, a equipe técnica da Secretaria de Saúde emite um documento no padrão exigido pelo Governo Federal e insere no sistema E-SUS.

No documento enviado ao Ministério da Saúde, a Prefeitura também pediu mais informações sobre usuários que aparecem no sistema com mais de 2 doses de vacina.

A prefeitura quer identificar se é um problema no sistema próprio ou no momento da migração de dados para o sistema do Ministério.