Para discutir sobre a implantação e operacionalização do Nepre Online, ferramenta de registro de violências das escolas, a equipe da Educação em Direitos Humanos e Diversidade da Secretaria de Estado da Educação (SED) promoveu um encontro na última quinta e sexta-feira, 3 e 4, no Hotel Cambirela. De acordo com a coordenadora da Educação em Direitos Humanos e Diversidade da SED, Rosimari Koch Martins, no encontro foram reforçadas as funcionalidades da plataforma. “Com a migração dos registros para o formato digital eliminaremos os formulários físicos e, o mais importante, é a integração do trabalho de todos os Núcleos do Estado juntamente com a SED”, explica. O sistema piloto foi implantado em 27 unidades escolares em 2017 e agora a expectativa para 2018 é ampliar o acesso da ferramenta para todas as 1.063 escolas do Estado de forma gradativa. “Faremos formações ao longo do ano para aperfeiçoar a usabilidade do sistema e estaremos à disposição dos coordenadores Regionais para sanar dúvidas”, finaliza Rosimari. Participaram do encontro os coordenadores das Regionais do Núcleo de Educação e Prevenção às Violências na Escola (Nepre), da Coordenadoria Regional da Grande Florianópolis, do Instituto Estadual de Educação e integrantes da coordenação da Educação em Direitos Humanos e Diversidade da SED. Mais sobre o Nepre Online O Nepre Online está integrado ao Sistema de Gestão Escolar de Santa Catarina e foi desenvolvido para implementar a Política de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento as Violências na Escola. Além de atender a Lei Nº 13.185 sobre o programa de Combate à Intimidação, que institui a emissão de relatórios trimestrais sobre violências nas escolas, com a ferramenta será possível integrar o trabalho dos Núcleos com a escola, Gerências Regionais de Educação e SED.