O fluxo de passageiros chegando e saindo de Jaraguá do Sul está intenso na rodoviária. Em comum, as pessoas têm o desejo de aproveitar os dias de folga proporcionados pelo feriadão de Páscoa, que começa nesta Sexta-feira Santa (14) para a maioria de estudantes e trabalhadores. Para as empresas de transporte, o aumento na demanda chega a 40% neste período. Entre os destinos mais procurados pelos jaraguaenses estão cidades do Paraná e do Rio Grande do Sul. Pouco antes das 10 horas da manhã de quarta-feira (12), a aposentada Sueli Mesch chegou após uma longa viagem. Ela saiu do município de Mercedes, no Paraná, para vir visitar a filha e enfrentou 19 horas na estrada. “Sempre aproveitamos essas datas para nos reencontrarmos e como a viagem é longa, revezamos a cada feriado”, explica Sueli. De acordo com a auxiliar de vendas da Penha, Maiara Castro, os ônibus com destino a Porto Alegre já estão lotados para esta quinta (13) e sexta-feira (14). Uma frota extra foi acionada para atender à procura, que está maior desde a semana passada.
IMG_7408
Fluxo cresce em especial para destinos no Paraná e no Rio Grande do Sul (Foto Eduardo Montecino/OCP)
Na viação Catarinense, o gerente de vendas Luís Bernardo observa que apesar do aumento na demanda, neste ano o número de pessoas que estão viajando está menor do que em 2016. Para a companhia, a linha que passa pelas cidades de Foz do Iguaçu, Guarapuava e Cascavel é a de maior demanda. “Hoje estamos com três ônibus extras para o trajeto, ontem foi um”, destaca Bernardo. Sabendo que as passagens nesta semana esgotam rapidamente, Cláudio Farias garantiu a ida para São Paulo antecipadamente. Ele e a mulher pretendem embarcar ainda nesta quinta. “Além de celebrarmos a Páscoa em família, vamos esperar o nascimento da minha neta”, conta Farias. Trânsito na BR-280 vai depender do clima Outra opção para quem quer curtir o feriado passeando é viajar de carro. Segundo o policial federal responsável pelo posto de Guaramirim, Danilo Serra, o fluxo pela BR-280 para cidades litorâneas ou para acessar à BR-101 irá depender do clima. “Como a maioria dos destinos próximos é no litoral, a tendência é que o pessoal viaje mais se estiver quente. Mas, como a previsão é de clima mais frio, o movimento deve apresentar pequenas alterações, não sendo tão intenso”, observa Serra. Os horários que registram maior fluxo de veículos para a viagem de ida são pela manhã e de tarde, já para voltar o policial ressalta que o movimento passa a ser mais significativo após o almoço. Por ter pista simples, a BR-280 também não apresenta muitas alternativas para fugir de eventuais engarrafamentos. Dependendo do destino, há alternativas pela SC-110 e a SC-408 com saída na BR-101.